Momento "Dor de cotovelo"...!

15 comentários
 
Você Não Me Ensinou A Te Esquecer


"Não vejo mais você faz tanto tempo
Que vontade que eu sinto
De olhar em seus olhos, ganhar seus abraços
É verdade, eu não minto

E nesse desespero em que eu me vejo
Já cheguei a tal ponto
De me trocar diversas vezes por você
Só pra ver se te encontro

Você bem que podia perdoar
E só mais uma vez me aceitar
Prometo agora vou fazer por onde nunca mais perdê-la

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando em outros braços seus abraços
Perdido no vazio de outros passos
Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho

Agora, que faço eu da vida sem você?
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
e te querendo eu vou tentando me encontrar...!"


Caetano Veloso dispensa qualquer comentário!

...Do abismo em que você se retirou
E me atirou e me deixou aqui sozinho...

Ah, que atire a primeira pedra, aquele que nunca encheu os olhos de lágrimas ao ouvir músicas como essa...
Se recebêssemos o veneno e o antídoto!
Mas só somos devorados pelo doce veneno do amor e da paixão... e depois... e agooora???
Amor não vem com bula e nem manual de instrução...!

PS: Não sei porque a data e a hora esta saindo errada...rs
vou tentar descobrir...
São 1:55 da madrugada do dia 04.01.2009

15 Comentaram...

  1. O problema é que vem sem essa bula ou manual de instruções, Avassaladora!
    Aí, a gente vai se medicando como pode.
    Avise quando voltar das férias!
    E também se já recebeu notícias da Letra Vermelha.
    Se quiser receber (bom) material encaminhado, escreva para:
    billfalcaostar@gmail.com
    Recebo muitas piadas e reflexões, e encaminho para minha lista de amigos.
    Bjooooooooooooo!!!!!!!!!

  2. Bandys says:

    Avassaladora,
    Existem coisas que não precisa de bula, ou de script.
    Sua lagrima ou qualquer lagrima de amor é aquela que vai te fazer ver o arco -iris, porque existem varios horizontes!

    Um beijo

  3. [ rod ] says:

    Caetano sim é bom demais... e sentimento desses qm não os vi? eu já tive dias assim.

    mas a gente se recupera.

    Bjs moça,












    Novo Dogma:
    ceGo...


    dogMas...
    dos atos, fatos e mitos...

    http://do-gmas.blogspot.com/

  4. Vc tem um espaço ilumindao..adorei!
    obrigada pela visita ao meu Cotidiano.
    Bjus de bom 2009 pr avc todos dai!!

  5. Anônimo says:

    gostei da delicadeza que transborda de leve.
    vamos compartilhar poesia. vê se entra no meu blog:
    www.poesiaimoral.zip.net

  6. Permitir que a emoção se manifeste faz bem, faz parte. Sinal de que somos fortes o bastante para suportar os solavancos que surgem sempre. Mas o melhor da festa é resistirmos e seguirmos em frente, firmes e com a altivez que Deus nos deu. No fim, dá tudo certo.
    Cadinho RoCo

  7. OI...entrando pouco nos blogs, pq ainda estou viajando.
    Essa música é linda !
    Fazer o que...deixa sangrar que depois a cura vem por si só...é vida !
    beijo grande pra vc e um ano novo...lindo!
    ...............Cris Animal

  8. Ah, sei bem como são esses sentimentos. Essa bula que não vem, a emoção que desacata a razão. O importante, penso, é nos nos reescrever a cada história.



    (quanto a hora e dia veja em layout, hora do Brasil. Veja se dá certo.)

    abraços

  9. Pois é, dona moça! kkk A dor de cotovelo, hein?

    Hummm tem razão que nunca teve que atire a primeira pedra!

    A música e letra dispensa comentários, é o ouro da babilônia e você sabe disso, oi que bom! kkkk

    Beleza pura sua postagem!

    bjs
    O Sibarita

  10. Monday says:

    será que é porque a gente só sabe viver de sonho, quando ele se realiza, e esquece que sempre há uma pitada de realidade no meio de tudo?

    na realidade, nós sabemos o que fazer, mas é necessário ter vontade pra tocar o barco adiante quando o rio não está com a corrente a favor ...

  11. Cara,

    Sentimento tão universal que faz da letra, nossa letra.
    Alias, letra antiga, de um cara desprezado pela mídia + sofisticada, Fernando Mendes. Caetano, com sua genialidade, repaginou o arranjo vocal da música, tirando excessos e fazendo com que possamos continuar a nos espelhar. Fazer do texto, nosso texto.
    Um ab
    Edu

  12. Anônimo says:

    Não é do Caetano, sabia? Mesmo assim... bah! comentar, o que? Beijos!

  13. Mil perdões por não ter dado os créditos de autor da música...É que Caetano foi magistral na regravação, e com sua interpretação, tirou a música da lista de "brega", dados pela tal "midia-sofisticada"...
    Fernando Mendes já fazia sucesso nos idos de 1970 e ainda por cima é mineiro!
    Coisa imperdoáveal para uma mineira...rs
    Meu conterraneo merece parabéns!
    Caetano tem uma lista de compisitores ditos "bregas", que ele regravou e interpretou com maestria!

    Beijos a todos!

  14. Branca says:

    Adoro essa música... aliás, adoro todas que o Caetano canta.
    Boa semana pra ti,
    bjo carinhoso,
    Branca.

  15. Anônimo says:

    Oiiiiiiiiii estou em visita ao seu blog e gostei muito viu!!!!
    Essa musica é lindaaaaaaaaaaaaaa
    não ligo para quem ache que é dor de cotovelo kkkk .
    Ela é linda e pronto.
    Amor é assim mesmo.. nao tem hira de chegar, não tem hora de partir.
    Mais independente do tempo que dure se for um amor que nos faz bem como diria o grande poeta. "Que seje infinito enquanto dure"


    beijosss

Novo Comentário