Interrogação

18 comentários
 
O que fazer com o amor não amado...
com o beijo não dado
com o abraço sufocado
com o desejo reprimido
com o tesão recolhido
O que fazer...
Os sentimentos migram um a um...
Alegria
Euforia
Contentamento
Deslumbramento
Saudade
Essa gangorra de emoções...
ora contentamento
ora descontentamento
ora gozo
ora tormento
ora alegria
ora tristeza
ora sorriso
ora lágrimas
ora doce
ora amargo
ora amor
ora ódio
ora vida
ora morte
ora ceu
ora inferno
O coração antes um jardim florido
Se transforma em terreno árido
É preciso que venha a chuva
E o milagre da floração aconteça...
É preciso que voce venha...!

18 Comentaram...

  1. Que venha...
    Intenso...
    Em silêncio...
    Com mãos fortes...
    Na mistura de suores...
    Desejo latente...
    Respiração ofegante...
    Que sufoque o desejo...
    E que caia em êxtase!


    Beijos Tempestuosos!

  2. O coração antes um jardim florido
    Se transforma em terreno árido
    É preciso que venha a chuva
    E o milagre da floração aconteça...
    É preciso que voce venha...!


    lindas palavras em versos e prosas,
    parabens.

    desejo a voce uma semana abençoada.

    bjsss

  3. Quem escreve com sentimento escreve lindo. Mesmo que seja de um amor com interrogação. Assim escreve você.


    abraços e bela semana.

  4. Branca says:

    Que venha o amor... com toda sua intensidade...

    Ótima semana pra vc,
    bjo carinhoso.

  5. Mais chuva?? Não pede isso não, Avassaladora!
    Mas um jardim florido é mesmo bonito!
    Bjooooooo!!!!!!!!

  6. Cesar says:

    De trem, de barco ou de aviao?

    One fica a estação de desembarque?/


    kakakak

    Existe solidão no litoral norte?

  7. Bom dia amiga Queridaaaaaaaaaaa!!
    É mesmo o amor esta no ar kkkkk
    Editei a postagem que fiz... agora sim ficou melhor a outra exclui kkkkk
    Beijos lindona

  8. Bem, seria utilizar as energias para algo mais construtivo (apesar de u não seguir esse conceito de investir num novo amor)...

    Fique com Deus, menina Avassaladora.
    Um abraço.

  9. says:

    Espero que a chuva caia como um dilúvio e que a floração aconteça o quanto antes!
    Na mesm proporção da chuva!

    Grande abraço!

  10. neide says:

    Se ele voltar... Não quero nem pensar no delúvio que vai ser esse amor, rsrs.

    Bjss querida.

  11. vagabundo says:

    Com amor não amado,
    A gente larga no passado,
    Que amor assim não faz bem…
    Agora com essa gangorra de emoções ,
    A gente faz uma centena de canções,
    E sai procurando outro alguém.
    Pois tanto “ora…” junto,
    È Amor mais que profundo,
    Tesão que não merece se recolher…
    Deixe migrar o sentimento
    Quem sabe não mo traga o vento
    E pingando em Ti…
    Um dia irei chover.

    (Gosto disto aqui.)
    um beijo,

  12. Cesar says:

    Manda o link entao pra meu e-mail...

  13. Pena says:

    Simpática Amiga:
    Um poema lindo do seu encantador sentir.
    Esperança? Confie nela porque irá cativar e impressionar o Mundo.
    Delicioso. Admirável.
    Com uma interioridade fabulosa.
    Parabéns pelo talento e genialidade do seu sonho puro.
    É linda!
    Beijinhos amigos de cordialidade, estima e respeito.
    Desculpe o tardio comentário, mas tive assuntos sérios de saúde familiar a tratar por serem inadiáveis.

    pena

    OBRIGADO pela simpatia expressa no meu "cantinho".
    Bem-Haja, encantadora amiga!

  14. Olá amiga.
    Desejo uma semana com muita paz e luz.
    Lindo seu texto.
    Fique na paz.
    Regina Coeli.

  15. A vinda mais importante que alguém pode ter é a do próprio ser para si mesmo. Somos únicos em todo este universo naquilo que determina o nosso ser e estar em vida. Caramba, não dá pra se permitir com requintes de abandono. Isso não passa pelo amor. Antes, é preciso preservar o eu para que ele não se perca em si mesmo. Permita-me o disparo deste sinal de alerta.
    Cadinho RoCo

  16. Oiii.....sentimento é o que todos levam no coraçao...e qndo é escrito assim torna verdadeiro pq sai so q pensa....


    bjaoo

  17. Oi querida!

    O que fazer?

    Deixe rolar, deixe fluir sem medos e sem culpas, apenas deixamos que isso tudo tome forma, sem preconceitos, sem dúvidas e com intensidade.

    Tudo vale a pena ser vivido.

    Voltei aqui e agora é pra ficar! Hehehe! Nossa, depois de uma grande luta para colocar o PC em ordem, perdi muito tempo e muitas coisas na blogsfera. Pois bem estou aqui nesse cantinho maravilhoso.

    Beijos.

  18. Que venha a chuva e a tempestade, assim, podemos dela sentir os vendavais.

Novo Comentário