Momento dor de cotovelo...!

21 comentários
 


"Deslizes

Fagner

Composição: Michael Sullivan / Paulo Massadas

Não sei por quê
Insisto tanto em te querer
Se você sempre faz de mim
O que bem quer
Se ao teu lado
Sei tão pouco de você
É pelos outros que eu sei
Quem você é...

Eu sei de tudo
Com quem andas, aonde vais
Mas eu disfarço o meu ciúme
Mesmo assim
Pois aprendi
Que o meu silêncio vale mais
E desse jeito eu vou trazer
Você pra mim...

E como prêmio
Eu recebo o teu abraço
Subornando o meu desejo
Tão antigo
E fecho os olhos
Para todos os teus passos
Me enganando
Só assim somos amigos...

Por quantas vezes
Me dá raiva de querer
Em concordar com tudo
Que você me faz
Já fiz de tudo
Prá tentar te esquecer
Falta coragem prá dizer
Que nunca mais...

Nós somos cúmplices
Nós dois somos culpados
No mesmo instante
Em que teu corpo toca o meu
Já não existe
Nem o certo, nem errado
Só o amor que por encanto
Aconteceu...

E é só assim
Que eu perdôo
Os teus deslizes
E é assim o nosso
Jeito de viver
E em outros braços
Tu resolves tuas crises
Em outras bocas
Não consigo te esquecer
Te esquecer..."


... Aos amigos queridos, um pedido de
desculpas pela minha ausencia. Na segunda-feira estarei mais presnte.
Por enquanto , um Fagner apaixonante!

21 Comentaram...

  1. Foi Fagner que escreveu? Ou fui eu? Ou foi você?

    Tão linda, a música, e sua capacidade de escrever ou de escolher belas músicas, lindos poemas.

    Estou sentindo a falta. Mas até segunda.

    O amor intenso, vivido ou não, real ou virtual, nunca mais será esquecido. Volta sempre.

    abraços com carinho

  2. Que bom que só faltam algumas horas para segunda-feira.
    Eita, é segunda 6, ou segunda 13?
    Não me faça chorar de saudades assim tão pertinho do meu niver (dia 15).

    Concordo com a Paula, o amor intenso, vivido ou não, real ou virtual, nunca mais será esquecido.
    E completo: são pequenos treinamentos pelos quais passamos para conquistar-mos o nosso diploma:o amor verdadeiro.

    bom dia!

    beijos

  3. A.S. says:

    Palavras tão intensas... e por vezes tão verdadeiras!...


    Doces beijos!

  4. Caracaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.....fui traída uma vez na minha vida( uma que eu saiba, mas devo ter sido mais........rsrsrsrs) e curti muito a dor ouvindo essa música que o Fábio Júnior gravou também com ele.....afffffffffffff

    beijos
    ............Cris Animal

  5. hummmm..momento dor de cotovelo? então, apesar de bonita, que tal trocar a música e colocar uma mais alegre, que não traga tantas lembranças. não se deve ficar "cutucando" feridas...ou não cicatrizam nunca.

    um beijo procê, tudo de bom!

  6. Francisco says:

    Todas as vezes que ouvi a música cantada pelo Fagner, não interpretei a letra de forma tão intensa como agora, lendo o teu post.
    Segunda feira, estarei com olhos de águia no computador, aguardando as novidades.
    Beijão.

  7. Cleo says:

    Realmente esta música é apaixonante, mas não te entregues à dor de cotovelo menina.
    Bom final de domingo
    Beijos carinhosos.
    Cleo

  8. aiaiaiaiaiaiia!! que dor!! que dor!!

  9. Quem nunca teve uma dorzinha dessas?
    Beijo!!

  10. Blue says:

    Mas estes momentos fazem parte da vida. Belo poema em forma de música. Que dor, que dro, sinto eu também...... Beijos e que venham muitas segunda-feiras!

  11. [ rod ] says:

    Essa é de cortar o coração... ou as algemas que nos prende.

    Pensarei nisso.

    Bjs moça,





    Novo dogMa:
    boeMia...


    dogMas...
    dos atos, fatos e mitos...

    http://do-gmas.blogspot.com/

  12. nossa, voltei ao passado com a letra dessa música. saude de sullivam e massadas. abraço ava.

  13. Andreia says:

    Realmente a música é linda, mas deve procurar se alegrar, relembrar é doloroso. Então que tal uma música mai prá cima!!!
    Bjsss e bom domingo te espero no meu blog na segunda ok!!!

  14. Ana Gotz says:

    Eu aprendi a gostar do Fagner quando comecei a prestar atenção em seus fragmentos... um pouquinho da vida de cada um de nós...

  15. Uma letra que se aplica a todas nós, nesses momentos tão nossos e tão universais!

    Beijos e borboleteios

  16. Bruce says:

    Palavras tão verdadeiras... um bonito poema!

  17. Fagner é boooommm!
    Bjooooooo!!!!!

  18. Como assim momento de dor de cotovelo?!

    Fique com Deus, menina Avassaladora.
    Um abraço.

  19. Ô tá, é? Por que fia? O que houve para essa dor? kkkkkkkkkkkkkkk

    Eita esse seu coração! Hummm... kkkk

    A música por demais escutada nos bons tempos do Fagner, bem lembrada!

    Ah moça, sim, claro, ok, gostou? kkkkkkkkkk

    Sobre o que? kkkkkkk

    A poesia Tsunami fia kkk Sem problemas, use sim!

    Não vim antes por falta de tempo, o dever do trabalho e você ai com minhoquinha na cabeça pensando, matutando esse Sibarita é um crocodilho! kkkkkkkk

    Falei do poema e ele nem a mínima!

    Você poderia ter usado o poema e depois me falava, sem problemas!

    E o seu coração? kkkkkkk Tá bom, é? Ô maravilha!

    bjs
    O Sibarita

  20. C. says:
    Este comentário foi removido pelo autor.
  21. C. says:

    Michel Sullivan e Paulo Massadas compoem lindamente, essa música por exemplo, é de fato um ´hino` da dor de cotovelo, mas taaaaao linda!!!

    Que ótima a lembrança ao tempo linda amiga avassalante. Vc faz falta mesmo com teus coments, sempre tao ricos e queridos. Afinal que é sempre tao presente que nem chego a sentir falta :=)

Novo Comentário