E agora...!

38 comentários
 

E agora...
Da alegria fez-se a tristeza
Da saudade fez-se a lágrima...
Do contentamento fez-se a dor...
Do encanto fez-se pranto...

E agora...
Dá lágrima, fez-se a mágoa...
Do amor fez-se o ódio...
Da felicidade, fez-se tristeza
Da emoção, fez-se a solidão

E agora...
Que não sei o que fazer
Que não sei o caminho
Que queimei minhas pontes
Que não sei como voltar...

E agora, que só resta o ódio...
Que insiste em querer dançar a minha frente...

E agora?




Ilustração:estudo para tela/rafaelgodoy



38 Comentaram...

  1. Não tem resposta, só o tempo cura. Ava, obrigada por sua visita , quanto à tela, gostei de vê-la aqui, é sinal de que gostou de verdade, já meu filho...não sei não. Bonito poema, andei lendo também outros e achei bem interessante seu espaço.

  2. Avinha,

    Dá um empurrão no ódio e manda ele requebrar em outro "agora". Sabe, cada poema que leio aqui tem uma magia cheia de encantamento.

    Beijo grande, menina linda.

    Rebeca

    -

  3. Déia says:

    E agora? vira o rosto, não olhe essa dança que te maltrata por dentro, mude o caminho, vire a página, o foco,a música, a letra, o destino...
    Pegue a primeira a esquerda ou a direita...não aceite as coisas como estão, busque o que quer e como quer.. vc é quem manda na sua vida!
    O ódio só existirá se o deixarmos crescer...
    Comece pelo amor por vc mesma...e depois a gente vê...
    bjs

  4. Deixa aquela luz entrar, refletir, que o ódio se canca e se vai.

    Beijocas no coração!

  5. Queimou a ponte? Volta nadando mesmo... O fim justifica os meios...

    Só não pode cultivar mágoas e rancores, afinal, quem perde é você.

    E foi covardia a música viu... Zeca, eta... Me acabo... Cd Perfil é inspiração pra textos.

    BEIJOS AVINHA LINDINHA FOFINHA

  6. Deixa o coração falar.
    Abraços

  7. A.S. says:

    Agora... serena as emoções nos lábios do vento. Espera por um amanhecer de sol e verás surgir um novo horizonte!!!


    Beijos meus!

  8. O Profeta says:

    O ultimo sentimento
    Perdeu-se no outro lado do espelho
    Onde dormem as estrelas?
    Talvez sobre a cabeça de um pobre velho

    E a Lua de sorriso trocista
    Soltou raios de deslumbrante luar
    Um amante tece um manto de ternura
    Inunda o espaço uma melodia de embalar


    Boa semana



    Doce beijo

  9. TeTê says:

    Avinha...

    dá-lhe hemostasia, jÁ!


    Beijo

  10. Bom Dia amadaaaaaaaaaaaaaa!!

    E agora?
    Ah amada so o tempo cura tudo , inclusive a raiva!!

    Beijossssssssss minha flor linda!!!

  11. E agora...

    ...deixa ele a dançar sozinho!

    Escolhe como música um tango, porque só tem piada dançado a dois e limpa o coração - o ódio alimenta-se dele!

    Beijo.
    António

  12. Belissimo poema, penso eu que em primeiro lugar, antes de juntar os cacos, colar e recomeçar, tem se que esquecer o odio, com esse não dá pra conviver, pois ele só tem um lado, o lado de quem sofre, o outro não tá nem ai...beijos querida, tenha um lindo dia...

  13. "que queimei minhas pontes..."
    Sabe, Ava (e eu tenho uma história pra contar sobre a A.V.A), nesse livro que estou lendo (é, estou obcecada!) também fala sobre a entrega ao amor romântico e a quebra de laços com o mundo exterior... é por isso que quando acaba a gente fica assim, perdidassa! Sugiro a leitura: A cama na varanda.
    No mais, estou louca pra te ver quando se reerguer! E vai ser logo...

    PS: sobre a A.V.A: uma amiga que terminou um relacionamento desgastado de 5 anos, fundou (de brincadeirinha) a A.V.A: Associação das Viúvas Alegres; com isso, saímos quase todos os dias! Espante a tristeza e junte-se à nós! rs

  14. Um dia cercado de muito amor e paz pra voce...beijos

  15. Desnuda says:

    Querida amiga,

    bem real este jogo de emoções. Esta reviravolta nos sentimentos...

    E agora...! Não se deve dar chance a sofrimento maior que é deixar-se prender pelas teias do ódio, muito mais devastador. Dar chance ao tempo para que chegue a hora de reencontrar a paz. E embora todos saibamos disso, uma forte emoção não é de fácil controle...

    Enorme beijo e ótimo fim de semana!

  16. Ava,

    E agora é hora de deixar isso tudo fluir, de respeitar o tempo, de deixar o ciclo se fazer.

    Não sou a favor de queimar etapas, de abreviar as coisas...lá na frente as lacunas do que não se permitiu viver, aparecem.

    Os sentimentos se transformam, as coisas ficam mais serenas, mas não à força.

    Beijos, querida.

    ℓυηα

  17. Branca says:

    E agora meu bem, respira fundo e segue em frente, mas não deixe o ódio tomar conta de seus sentimentos...

    Ótima tarde amiga...bjo carinhoso!

  18. ºº
    Amiga, o tempo é o nosso melhor conselheiro.

    Bjo grande

  19. E agora coma um chocolate... :-)

    Abração

  20. Faz xô pro ódio Ava... O ódio nos rói por dentro e isso é muito ruim!

    Beijos

  21. Olavo says:

    Neste mês de agosto o blog esta em comemoração
    E te convido a partipar durante todo o mês com a gente..
    E para começar tem selo comemorativo lá no blog..
    Abraço.

  22. Ava, intenso, forte, dolorido.

    Sempre acho os poemas escritos com imensa dor bonitos. Lembro da fase que escrevia assim, vinha muitas vezes escrito junto com as lágrimas.Ajudam ao entendimento do ser, a elaboração de um novo ser, acredito. Alivia, edifica, liberta.


    Espero que seja uma fase poética, que você esteja bem.

    beijo

  23. O ódio insiste em dançar na sua frente? Redicularize-o, encha-se de todo sarcasmo e deboche dele. Ele vai ver que escolheu a vítima errada. =D

    Adoro os poemas q encontro aqui. Um beijo, Ava.

  24. neide says:

    Ava querida, não há ferida que o tempo não cure... O que se tem a fazer é olhar as coisas boas da vida e seguir em frente. Não devemos alimentar ódio, ele é como fogo, se o alimentarmos não pára mais de crescer.

    Sabe o que fazer? Levante, sacuda a poeira e dê a volta por cima.

    Bjsssss

  25. Udi says:

    entristeça o suficiente para começar a desentristecer

    http://www.youtube.com/watch?v=VgcShxROnfE&feature=related

    beijos!

  26. Ava, esta tela é linda, amei

    e agora?
    eis a questão...
    só a vida pode lhe mostrar.

    Te adoro!

    Beijos!

  27. O Ódio!... Talvez uma forma obsessiva de Amar. É uma forma obsesiva de Amor!... Poderia significar um sentimento totalmente antagónico e nós quase que o admitimos como tal; tecemos a teia com todos os fios da revolta, da vergonha, do arrependimento, da comiseração... e esperamos conseguir uma armadilha final e eficaz para consumar nossa vingança!... A rejeição pode até nem o ser e a aranha nem ser necessária para tecer algo de evitável, mas, a verdade é que tudo existe e o primeiro passo só acontece depois do segundo!... Há imagens surrealistas de nós mesmos em muitos quadros de nós, expostos na paixão por outros quadros e, só por isso, é possível imaginar cérebros no lugar de corações e estes no lugar de cérebros... e tudo parace estar perfeito!... Minha gata "krystal" é assim, mas todos os outros gatos(as) são assim; reagem por instinto! Todos os/as são atraídos/as instintivamente para suas necessidades de afectos naturais!...
    As pontes não ardem!... As verdadeiras pontes, essas passagens seguras e preparadas para suportar pesos incalculáveis de incalculável e esmagador peso de nossos arrependimentos, de nossas dores e ... dos partos difíceis, essas até podem queimar mas não ardem; estarão sempre lá como passagem para o outro lado. O outro lado da Ponte... que pode ser o lado contrário se tivermos o discernimento necessário de saber qual o nosso lado!... Os admiráveis lados da ponte sem direcção!...
    Estamos no meio da ponte, indecisos...
    Todo ódio seria Amor se a aranha que odiamos nos acolhesse, se o objecto de nossa paixão aceitasse nossa condição de desejo!... Afinal, o ódio é uma outra forma extrema de Amar!... Não é admirável?!...


    Escolha entre... beijos e abraços

  28. belo post, é bom voltar aqui.
    Maurizio

  29. "E agora, José?"

    Beijos!

  30. Helinha says:

    Oi, querida!!

    E quem é que nunca passou por isso, ne??

    Mas o importante é isso mesmo: passar! Assim mesmo... Sentir, sentir tudo o que for preciso, bem intensamente... não fingir que não aconteceu... sentir, mesmo esses sentimentos ruins... e depois deixar a mente se clarear... e deixar passar!

    Porque não dá pra viver com esses sentimentos ruins, que nos destroem...

    E, sabe... quando a gente olha pra trás, pra tudo que já nos aconteceu na vida, a gente vê que tudo passa mesmo!

    ^^

    Adoro vir aqui e adoro seus comentários também!!

    Beijo bem grande!!

  31. Xacal says:

    Ave, Ava...

    Uma pena que não esteja disponível guia quatro rodas para amantes, onde haja, não só caminhos de volta, mas caminhos alternativos e enfim: paradas seguras para descanso, pernoite e remanso...

    Quanto ao ódio...tire-o para dançar...

  32. Luciana P says:

    Ah, o ódio... e dizer que tudo era tão bonito antes de ele aparecer, não é? Quanto sentimento bom desperdiçado... O pior são as mágoas que afloram e custam e serem esquecidas.

    E quanto às pontes... talvez exista um atalho em algum lugar ali por perto. Confesso que estou à procura do meu pra poder voltar.

    Beijos, Ava, um ótimo final de semana pra você.

  33. neide says:

    Ava minha querida, como entendo você, também estou sem tempo e sinto uma falta desse mundo virtual que é tão real, não é?

    Olha, nem deixe mesmo de ir senão venho e te cobro, rsrsr. Também gosto muito de você amiga.

    Maravilhoso final de semana.

    Bjsss

  34. O agora é sempre um ontem transmutado em depois. Escolhas.

  35. A amizade é assim:
    É sentir o carinho,
    É ouvir o chamado.
    É saber o momento
    de ficar calado.
    Amizade é somar
    alegrias, dividir tristeza.
    É respeitar o espaço,
    silenciar o segredo.
    È a certeza
    da mão estentida.
    A cumplicidade que
    não se explica,
    Apenas vive!

    ¨Olavio Roberto¨
    Desejo um lindo final de semana
    Abraços

  36. E agora minha Amiga?

    Só nos cabe juntar nossos pedaços e como uma fenix...renascer e brilhar em novos céus!

    Beijos com o meu imenso carinho

  37. Seja alguém que te mereça, apenas isto...

    Fique com Deus, menina Ava.
    Um abraço.

  38. ©tossan says:

    Que bonito, parece Vinícios de Morais. Avassalador!!!! Beijo

Novo Comentário