Dos gritos...

44 comentários
 




Há gritos que morrem na garganta...Esses não podem ser ouvidos...



44 Comentaram...

  1. Blue says:

    Solte a voz, esperneie, grite. Chame! Fale na cara. Quem sabe somente assim ele percebe, sente e ouve!

    Beijos

  2. Tetê says:

    Avinha,

    quando o grito encerra a voz, o sentimento sangra a alma,
    e a dor corta o peito feito
    punhal...

    Quando a dor se faz...

    Nestas horas valem braços amigos
    daqueles que nos oferecem colo,
    e no abrigo nos recebem num acolhedor abraço.

    Sinta-se amada, querida, desejada
    e acima de tudo, bem-vinda!!
    Aos braços, nestes,
    que te abro para recebê-la.



    Beijo!

  3. ©tossan says:

    Não deixe...Nunca! Beijo

  4. Ava,

    Quando decidimos calar, pagamos um preço por isso, da mesma forma que pagamos quando decidimos gritar.

    A escolha é nossa, e as consequências de uma ou outra opção, também são, enfim.

    Um beijo, boa semana.

    ℓυηα

  5. Sei que esses gritos não são exaltados, mas talvez estes sejam os mais profundos, os de maior intensidade. Se eles são interiores, cabe a quem observa captar todos os sinais que o restante do corpo emite para saber a verdadeira mensagem.

    BEIJOS
    OTIMA SEMANA

  6. Pena says:

    Doce Amiga:
    Controla as suas deliciosas emoções com uma beleza pura.
    É bem verdade, o que expressa com pertinência e beleza pura.
    A nossa interioridade e, os possíveis gritos da Alma e coração, ficam para nós e para o nosso profundo ser. Sentir. Estar. Fantástica.
    Simplesmente, lindo...
    Beijinhos de admiração pelo fascínio que expande...
    Com respeito...
    Beijinhos de uma pura amizade de que gosto muito...

    pena

    É linda...Adorei. Excelente!
    Tem um blogue de delícia, magia e encanto, sabia?
    Parabéns sinceros.

  7. A qualquer hora em que chegares,
    sentarás comigo à minha mesa.
    A qualquer hora em que bateres a minha porta,
    o meu coração também se abrirá.
    A qualquer hora em que chamares,
    eu me apressarei.
    A qualquer hora em que vieres,
    será o melhor tempo de te receber.
    A qualquer hora em que te decidires,
    estarei pronto para te seguir.
    A qualquer hora em que quiseres beber,
    eu irei a fonte.
    A qualquer hora em que te alegrares,
    eu bendirei ao Senhor.
    A qualquer hora em que sorrires,
    será mais uma graça que o senhor me concede.
    A qualquer hora em que quiseres partir;
    eu irei à frente nos caminhos.
    A qualquer hora em que caíres,
    eu estenderei os braços.
    A qualquer hora, em que te cansares,
    eu levarei a cruz.
    A qualquer hora em que te sentires triste,
    eu permanecerei contigo,
    A qualquer hora em que te lembrares de mim,
    eu acharei a vida mais bela.
    A qualquer hora em que partires,
    ficarás com a lembrança de uma flor.
    A qualquer hora em que voltares,
    renovarás todas minhas alegrias.
    A qualquer hora que quiseres uma rosa,
    eu te darei toda roseira.
    Eu te digo tudo isso, porque não posso imaginar
    uma amizade que não seja toda,
    de todos os instantes e para todo bem.

    by: Cid Moreira

    Desejo uma linda semana com muito amor e carinho.
    Abraços
    Eduardo

  8. Denise says:

    Ha amor que cresce nas entranhas e cresce cresce e fazem com q a dor e os gritos se esgotem.

    te gosto

    Denise

  9. Faz como a Florbela Espanca, no final do seu soneto:

    Árvores! Corações, almas que choram,
    Almas iguais à minha, almas que imploram
    Em vão remédio para tanta mágoa!

    Árvores! Não choreis! Olhai e vede:
    - Também ando a gritar, morta de sede,
    Pedindo a Deus a minha gota de água!

    Eu dou-te um garrafão...
    rsrsrsrs
    Boa semana!

    Beijo.
    António

  10. ºº
    Amiga, tudo bem? mas tudo bem, mesmo?

    Bjo

  11. Olavo says:

    Grite o quanto for preciso..mas não se deixe abalar por nada nem ninguem..

    Otima semana
    Beijos

  12. "Gritos presos na garganta saltam pelos olhos" (provérbio birmanês)

  13. Muitas vezes temos que soltar esses gritos, pra podermos tambem soltar nossos sentimentos mais profundos....beijos na alma e uma linda semana....

  14. SAM says:

    Mas antes de morrerem eles agonizam terrivelmente dentro de nós. E nos deixam em eterno luto de sentimentos, alguns.

    Beijos com carinho,amiga.

  15. Eles não podem ser ouvidos no exterior mas em nosso interior nos ferem causando imensa dor!

    Que seja breve esse momento...e um sorriso em teus lábios possa surgir!

    Beijos

  16. Vivian says:

    ...não é mais sensato
    transformá-los em sussurros
    de sedução?

    pense...rs

    muahhhhhhh, lindeza!

  17. Juliana says:

    http://somaisumblogsemdestino.blogspot.com/

  18. Bandys says:

    Ava,

    Foi quando parei de engolir meus gritos que encontrei o amor.. O amor por mim primeiro. Então hoje não engulo meus gritos, mas meus silêncios conscientes (nem sempre).

    Meninaaaa, gosto de vc de graça.
    Beijos e uma semana de muita paz nesse seu ♥.

  19. rm says:

    Ei Ava,
    certo contraste interessante entre imagem/texto e música...

    Essa letra do Ronaldo Bastos é muito bonita. Acho que está num postinho que escrevi sobre o letrista:

    http://erreeme.blogspot.com/2009/03/musica-e-poesia-2.html

  20. Francisco says:

    Minha querida!
    Quando a sua voz ficar presa na garganta, você ainda tem esse olhar lindo, mágico e sedutor.
    Quem não se derreter apaixonadamente assim, não é digno de você!
    Você é linda!!!!
    Um beijãozão!

  21. Avassaladora ... não sei ainda lembra de mim, hahaha, mas vc com certeza lembra do 3MP!

    Querida, queria te pedir um favor ...
    que desconsiderasse qualquer comentário feito "por mim" antes.

    Tem uma pessoa usando minha imagem em um blog e perfil falso.

    eu tive que fazer uma postagem explicando.

    ela está aqui:

    http://oblogdajulianalima.blogspot.com/

    bjos.

  22. Eu ouvi.
    Por isso vim.

    Receba meu abraço apertado.


    uma linda semana pra ti

  23. Princesa says:

    O amigo, na hora certa, é sol ao meio-dia,
    estrela na escuridão.
    Beijinhos e boa semana

  24. "Escrever é também não falar. É calar-se. É gritar sem ruído."

    Abraço.

  25. A.S. says:

    Quando os gritos morrem na garganta, escreve um poema e deixa-o voar nas asas do vento!!!


    Beijos...

  26. Blue says:

    Acabei escutando um grito aqui! Saiu por entre as carregadas nuvens frias...

    Beijos

  27. Sandra says:

    Tem um carinho para vc. no Blog Uma Interação de Amigos.
    Passe lá.
    Sandra

  28. Gleidston says:

    Se necessario for,é isso mesmo grite,faça eco da sua voz,esbraveja, e depois bata no peito e diz: sou muito mais eu, e segue em frente.

    Desejo á voce um excelente dia,

    beijos!

  29. Tetê says:

    Avinha,

    isso está precisando de uma intervenção urgente!!
    Hemostasia, JÁ!!!

    Bjs

  30. Xacal says:

    ave, ava...

    é um desses nós na garganta que trago aqui comigo...

    um abraço...

  31. Déia says:

    Nao podem ser ouvidos... mas são os mais sentidos porque páram na garganta e faz doer...faz um nó.. nada passa, nem água...
    Cuidado , pois esses gritos formam doenças em nós...
    Não precisa sair gritando, mas elabore melhor e coloque isso pra fora! Tirará uns 100kg de vc! bjs

  32. Mas podem ser escutados, se estivermos com os olhos abertos...
    Querida amiga, se anda angustiada, esqueça isso e lembre-se que, apesar de tudo, a vida é bela (não temos outra...).
    Beijo.

  33. Boa tarde doce amiga Ava.

    Há! Estas vontades que muitas vezes nos invadem a alma e que nem sempre podemos realizar, nem mesmo os gestos mais simples como apenas um caloroso abraço, que acaba
    ficando exclusivamente na pretensão e que fica aprisionado
    como este grito ensurdecedor que ninguém pode ouvir.

    Deixando meu abraço carinhoso e desejando que se minimize a sua saudade

    Beijos.

  34. Luciana P says:

    É, Ava, às vezes somos obrigados a calar, não há mais ouvidos para ouvir... Isso é dolorido, de repente, perceber que muito há para ser dito e simplesmente sufocamos as alavras porque não existe mais interesse em sermos ouvidos.
    Mas disso se pode tirar uma conclusão: existem outros ouvidos dispostos a nos ouvir e quem sabe até a gritar conosco.


    Beijos!

  35. E esses são os piores, os que morrem antes de nascer!
    Ponha tudo pra fora!! Mesmo que seja depois, sim, pois há momentos em que simplesmente travamos, mas depois dá pra tirar isso de dentro de nós...
    Beijos!

  36. neide says:

    É verdade amiga, mas seus gritos foram ouvidos... és-me aqui, rsrs

    Querida, não deixe que nada, nem ninguém bote gosto ruim em sua vida, viu?

    Bjss

  37. Faço as minhas as palavras de Milton Nascimento.
    " Solto a voz nas estradas, já não quero parar
    Meu caminho é de pedras, como posso sonhar
    Sonho feito de brisa, vento vem terminar
    Vou fechar o meu pranto, vou querer me matar

    Vou seguindo pela vida me esquecendo de você
    Eu não quero mais a morte, tenho muito que viver
    Vou querer amar de novo e se não der não vou sofrer
    Já não sonho, hoje faço com meu braço o meu viver


    bjss querida.

  38. Bia Maia says:

    Ava, minha linda...
    Muito, mas muito forte...
    Luto , há 40 anos para que meus gritos não morram mais em minha garganta....
    Sei que pago um preço caro e alto por isto...mas nada que jamais se compare à LIBERDADE...e a sensação de ALÌVIO....

    Maravilhoso estar aqui...

    beijos em seu coração...
    Biazinha

  39. Ava (minha querida Vassala),

    para mim, basta sussurrar...

    Beijinho!

  40. Oi Ava, pior do qe os que morrem na garganta são os que não se atrevem a sair nem mesmo do pulmão...rsrs
    Portanto, quem sabe esse grito um dia não ultrapassa as fronteiras das amigdalas, pastilha nelas!
    O importante é manter o riso e a esperança dentro da alma
    Um abraço na alma...valeuuu

  41. Olá, amiga:

    Vim me atualizar em relação aos seus posts e percebo que:

    1 - você anda gritando ou pelo menos tenta gritar, embora o grito fique preso na garganta;

    2 - fez um testamento poético;

    3 - tem enfrentado correntezas;

    4 - mostrou tudo o que dói em você; e

    5 - teve altas dúvidas sobre o que escrever.

    Percebo, também, que deu uma incrementada no blog com clips e canções de muito bom gosto.

    Gostei de tudo o que vi e li.

    Beijos, abraços e cafunés, não necessariamente nesta ordem.

    MR
    29/7 - 21:34

  42. naaada! grita mesmo! pra não ficar com inflamação!

  43. Aff, senão pode gritar, faça valer o teu sentimento via olhar...

    Fique com Deus, menina Ava.
    Um abraço.

  44. Andresa says:

    Infelismente muitos morrem exatamente assim....
    Por isso sempre digo, doe a quem doer.... se expresse, diga o que pensa, o que achas, seja sinsero....

    Um abraço
    Andresa Araujo

Novo Comentário