Testamento...!

27 comentários
 




Podem cremar os restos mortais de minhas ilusões e lançar ao vento...




"Sabe que, como poeta, sinto; que, como poeta dramático, sinto despegando-me de mim; que, como dramático (sem poeta), transmudo automaticamente o que sinto para uma expressão alheia ao que senti, construindo na emoção uma pessoa inexistente que a sentisse verdadeiramente, e por isso sentisse, em derivação, outras emoções que eu, puramente eu, me esqueci de sentir."


Trecho de uma carta de 1931 de Pessoa, a João Gaspar Simões


PS:Mas uma vez, me pedido de desculpas pela ausência...
Por esses dias, difícil coordenar vida real e virtual...
Voces são a razão de tudo isso aqui...





27 Comentaram...

  1. Olá AVA

    Adorei este post!...
    E quando minhas ilusões já não
    sejam razões de existência, então
    sim, podem cremá-las e lançá-las ao vento.

    Um beijo

    Alvaro

  2. Gleidston says:

    Como poeta dramático, sinto despegando-me de mim;

    Seguido dessa bela reflexão, formou-se um otimo e profundo post,Parabéns menina Ava!

    Um final de semana de paz pra voce,

    beijo.

  3. Fofa says:

    Espero que resolva tudo por ai da melhor maneira possivel!

    Volta Logo Fooooooofa!

    Beijocas

  4. Florzinha linda to passando para desejar:
    Paz ao seu coraçaozinho
    Saude
    E muito Amor viu!!

    Exelente e abençoado Final de Semana

    bjs

  5. Olavo says:

    Minha querida nao se desculpe por isso..por mais que a gente goste a vida da gente muitas vezes não permite ficar on todo tempo..o que é otimo rs..
    Bom final de semana
    Beijos

  6. SAM says:

    Belíssima postagem, amiga!


    Um lindo fim de semana! Beijo!

  7. minha vida virtual tbém tá caótica... vc arrasou hein moça, belíssimo post, simples e objetivo! Bjinhos da Madrasta!

  8. M. Nilza says:

    Oi, menina!

    Eu tbm tenho estado assim meio afastada, mas a vida é assim tem horas que necessitamos parar diante de tantos afazeres né?

    Essas palavras de Pessoa são assim um tanto sugestivas até..rs

    Beijos

  9. Volte sempre querida amiga.

    Beijo.

  10. rm says:

    Vida virtual? Cê tem isso?

    Eu só tenho a real mesmo e já não dou conta... rss

  11. Ariana says:

    As nossas ilusões, uma pena, só tem sentido para nós, e se assim não fosse, seríamos tão racionais que talvez nem nos sensibilizaríamos com o outro.
    Também queria jogar as minhas ilusões ao vento...

    Beijos, Ava!


    Afrodite

  12. Blue says:

    Não sei o que se passa, sei apenas o que se passa por mim, e na verdade nem sei que o que se passa por mim é virtual ou real!

    Beijos reais, por meio virtual!

  13. Oi, Ava!
    As ilusões de Pessoa também são nossas, cinzas, apenas cinzas...
    Bom final de semana, amiga!!!Bjsss

  14. Francisco says:

    Ava querida!
    Eu já nem sei mais qual é a minha vida real e a virtual, por isso te entendo, e como um "cão fiel", aguardarei o teu retorno que espero não se prolongue!! rsrsrs
    Um beijãozão! (uivando de saudade!)

  15. Linda Ava, não se preocupe pois seus leitores são pacientes e compreensivos!!!

    Espero que possa voltar logo.

    BEIJOS

  16. Quando morrerem as minhas ilusões, também podem crema-las e joga-las ao vento.
    Quanto ao trecho da carta de Pessoa, eu bem gostaria de desapegar-me de mim enquanto poetisa, mas escreveo impregnada do sentir

    Um beijo pra ti, Ava

  17. A vida real sempre atropela a virtual.

  18. Eu me sinto como se reencarnado de Fernando Pessoa!...
    Aliás acho que F.Pessoa me plagiou mesmo antes de eu ter ascendido como poeta dramatico; antes de eu criar já ele havia criado.... é uma admirável forma de plágio descarado!...
    A separação do ego é uma forma admirável de fugir ou, pelo menos, alhear-se de sentimentos capazes de ferir determinada imagem que não se quer exposta; daí a necessidade de heterónimos que constantemente criamos em nossa divisão de egos, o que, na verdade, não acontece porque esse é o nosso verdadeiro EGO. Essa necessidade de transferir para um qualquer outro heterónimo como se procurássemos na imaginação o refúgio ideal para justificar formas diferentes de ser!... A única coisa que conseguimos é convencer quem quer ser convencido de tão admirável artimanha, habilidade aparentemente causado por um pequeno distúrbio de identidade e/ou até moral!... Falso?... Não!... Apenas um livro para cada sentir, para cada exposição de sentimentos e dedicatórias que dependem do destinatário da mensagem!... Isso é "PESSOALIZAÇÃO ADMIRÁVEL"!...

    Tal como no ínicio disse: Fernando Pessoa, plagiou-me a criação mesmo antes de eu a ter criado!... Até já perguntei a mim sobre o que eu achava sobre isso, mas minha resposta não me deixou grandes margens para dúvidas, dizendo-me que eu sou assim mesmo, enquanto o eu é diferente, mas não tão diferente do que eu sou, porque se eu fosse como qualquer um não seria eu, mas tão e somente... EU!... O que seria pouco mais de nada!... Não é admirável?!...

    Que sua ausência seja muito breve; aliás, nem devia ausentar-se!;)



    Escolha entre... beijos e abraços

  19. Bom Fim de Semana!


    ... entre... beijos e abraços

  20. Tetê says:

    Avinha,

    restos mortais ainda sobrevivem nas
    lembranças de quem nos ama,
    não importa a partida,
    se brutal, se casual,
    se opcional,
    se acidental!

    As lembranças resistem.
    Sentimentos também.


    Beijos!!!!

  21. ^^

    Oh mulher, assustaste-me "Podem cremar os restos mortais"

    Uff, depois vi o seguimento do teu pensamento e aliviei.

    Excelente f-d-s

  22. No que lindo.....
    nada do que plantamos se apaga ne...sempre fica em nosas almas...

    bjao

  23. Monday says:

    alguns textos são muito bons para dar nó em pingo d'água com pitadas de vácuo a temperar ...

    mas, em resumo, diria que o autor do texto, rodeios a parte, tem lá sua sensibilidade ...

  24. neide says:

    Pois é minha amiga, vim dizer que estou com saudades de você. Sei que as vezes não nos sobra tempo pra vida virtual... quando tiver um tempinho passa na minha casa pra um cafezinho, ok?

    Bom restinho de domingo, ótima semana amiga.

    fica bem.

    Bjsss

  25. A.S. says:

    Ava...

    As tuas palavras revelam-te... sensual e sensivel. As palavras nunca nos enganam!


    Beijos...

  26. A Lobba! says:

    Lindo! O canto foi reformulado! ficou lindo!
    Me perdoe a ausencia, andei afastada por motivos sérios!
    Agora de volta e feliz, cá estou!
    Lambidas da lobba!

  27. Sem problemas, todos nós nos afastamos do blogs as vezes, mas o que me satisfaz nestes momentos é que vejo que a pessoa que eu gosto está atrás da tua vida...

    Fique com Deus, menina Ava.
    Um abraço.

Novo Comentário