Ausência...!

43 comentários
 

A sua ausência me estilhaça, me rasga como um raio rasga os céus em noites tempestivas...

e fico assim, como fera enjaulada em pleno cio, sem ter como fugir, como escapar, cercada pelo nada e pelo silêncio, onde só escuto os gemidos da minha fome engolida, porém não saciada.

Despi-me de todos os meus receios, dos meus medos, dos meus pudores, e por três longas noites esperei por você na minha nudez envergonhada e trêmula;

(eu nua de todos meus outros eus, eu nua de máscaras, eu apenas eu, em todas aquelas horas).

enquanto esperava vislumbrei outros vultos, senti-os debaixo das unhas, mas não fui de nenhum...

(que outro olhar não quero. que outra boca meus lábios não beijam. que outro peso meu corpo não sustenta).

o nome que me cala é o seu. é você a sede que me abrasa. é seu o sabor da minha saliva, o gosto que sinto na minha língua.

por três solitárias noites supliquei-lhe em silêncio:

vem! toca-me/ lambe-me/ desgoverna os meus rumos/ desvenda os meus segredos/ despe-me desta casca casulo em que me guardo/ consome tudo o que há em mim para consumir...

mas você não veio e eu continuei deserta.

por três frias noites eu queimei até que virei cinzas.

(e ainda assim restou mais e mais de mim a arder).

e agora
quem irá me soprar?
quem irá me espalhar?



Autora

Layla Lauar



Texto de Layla Lauar, gentilmente cedido para Minhas Vidas. Quem gostar e quiser conhecer mais dessa fantástica mulher, poeta, escritora e amiga, a postagem original é: http://duasportodas.blogspot.com/

Ilustração: Desenho retirado da internet.

PS: Ainda aprendo a desenhar...


Quero Quero, com Claudio Nucci, para acompanhar...
A ficha técnica deixo a cargo do rm, que junto com a Tetê, formam uma dupla imbativel lá no http://verbofeminino-rm.blogspot.com/


43 Comentaram...

  1. Li esse texto de Layla há muito tempo em outro blog que ela tinha. Ela escreve muito bem. Com muita emoção.

    abraços, e linda quarta.

  2. Esse é o mote: sem pudor...
    Visitei a Layla. Textos preciosos.

  3. Denise says:
    Este comentário foi removido pelo autor.
  4. Denise says:

    Ava

    ò to aqui tá bom.

    e mesmo que doa,e as vezes doi MUITO.
    Acredite um dia passa.
    Tá tá ta tu vai dizer q ta doendo muito...e q num vê luz no fim do tunel?

    é..........mas tem...........eu tb já me perdi.........ja morri............ja quase matei (se bem que andei "matando" coisas que não me serviam) e ate pensei que não tinha mais jeito.

    e teve

    to aqui vivinha da silva,refeita,e quer saber...
    MUITO melhor como pessoa,por isso eu digo,e as pessoas as vezes nem entendem,que mesmo o mais dificil é bom,muito bom.

    mas ó.........to aqui ok?
    aceite um abraço daqueles bemmmmmmmmmmmmm demorados

    Denise

  5. C. says:

    Às vezes existe quem viva em nós sem darmos conta, o hábito leva-nos a isso. E quando se afastam e percebemos que viviam em nós, essa ausência doi mesmo.

    Um beijo minha querida, e uma bótema quarta-feira!

  6. Gleidston says:

    Por isso vale a pena sempre passar por aqui, não conhecia os textos da Layla, dei uma espiada rapida, depois voltarei lá,esse texto que postaste, é livre e de quase nenhum pejo,parabéns.

    Otima 4f pra voce,

    beijocas!

  7. Com certeza a ausencia de quem se ama nos quebra, nos estilhaça, nos deixa em pedaços e sem forças pra seguir...linda poesia...beijos e uma otima quarta pra ti..

  8. Olavo says:

    Que texto maravilhoso..de pura sensibilidade..
    Mas..se publicou ele é pq nao esta bem..humm nao gosto de te ver assim.
    Fique bem.
    Beijos

  9. Moça Avassaladora....a poesia que publicaste é muito apropriada para o momento que vivo..morrendo de saudades da minha família que mora a mil km, recém "divorciada" da amiga com a qual eu dividia o apto..hehehhe, portanto, estilhaçada de saudade...aff...
    Em relação a gostar de política é líquido e certo...conheço gente tão comprometida em criar mecanismos que melhore a vida da comunidade, que acho uma grande injustiça generalizar...além disso, ignorar as ações políticas é fechar os olhos para todas as decisões que permeiam nossa vida em sociedade..é dela que emana as decisões que nos afetam diretamente...né?

    Obrigada pela visita, apareça sempre...

    Um fraterno abraço...

  10. Bandys says:

    Menina,

    Desculpe a ausência, mas sabe aquela semana que voce fica sem tempo até pra beijar na boca...aíi dei uma parada.

    Belo texto!

    Beijos

  11. Bom diaaaaaaaaaaaaa Queridaaaaaaaa!!
    Urgente foi eu tambem vir ate aqui correndo dizer que:

    Você é muito importante na minha vida viu!!

    Beijos e otimo dia amada

  12. Afrodite says:

    Ausência é um sentimento pesado, que persegue o dia todo e fica nos incomodando a alma.
    Ausência dói, machuca, compromete o sorriso.
    É triste!
    Mas o bom é que ela passa!
    Beijos!

  13. *
    Amiga

    Quem é o sortudo que não entendeu essa mensagem? rsss

    Bjos_______fotografados

  14. Linda a poesia!!

    Agora espero que você não esteja estilhaçada desse jeito...

    Bjaum

    P.S.: Já passou um tempinho, a curiosidade apenas se aguçou, e você não me disse o que ficou de dizer... (mode chatinho on)

  15. Bandys says:

    Beijar na boca e amigos são primordiais em minha vida!

    Saiba que voce é uma delas.

    Beijos

  16. Bom dia amiga Avassaladora.

    Que loucura, que amor, que paixão indômita e ao mesmo tempo
    dolorida, sofrida.

    Há! Pode deixar que cuidarei de

    não deixar esta brasa apagar...

    Assoprarei e espalharei para que este fogo ardente nunca cesse.

    Ha! Ausência?... Sem chance nenhuma... Você não me sai da cabeça!

    Bom dia de São João pra você e cuidado... Se for pular a fogueira
    não vá se queimar.

    Beijos.

  17. Toda a gente já leu a Layla...

    Eu, ainda não!

    Toda a gente gostou!

    Eu, não sei!

    Mas vou saber!

    Desta vez, quero ser como toda a gente!

    :)
    Beijo.
    António

  18. Udi says:

    Fênix?
    ...sim, por que não?
    bjs

  19. A ausência é horrível. Mas, por outro lado, tem seu lado positivo. Rompi um relacionamento há poucos dias, sofri muito, mas sabe que desde ontem estou me sentindo livre, aliviada? Nada como a liberdade para podermos escolher de novo.
    Mudando da água para o vinho, minha amiga, por que não foi mais me visitar? Estou muito chateada com vc.
    Há selos no Feminina para vc e pode pegar também os do Amor.
    Um beijo e força, mulher!
    Renata
    Espero a sua visita.

  20. Texto sensivel,mas triste..
    Beijos da Nega

  21. Tatiana says:

    Olá!
    A boa filha a casa retorna!
    E não poderia deixar de vir aqui apreciar e lhe dizer que enquanto estive ausente as suas palavras fizeram um bem enorme ao meu coração!
    Obrigada!

    Voltar e ler um texto assim...é pura emoção! Vou ao blog dela para conhecer!

    É sempre muito bom estar aqui!

    Deixo um abraço com o meu sincero carinho

  22. Oi!!
    Denso e profundo, com uma carga enorme de emoção!!
    Lindo!
    Beijos!

  23. agradecida querida, pela generosidade...

    beijos todos e + um tantão

    (ah estou pensando em reabrir o meu "ressaca di homi"... mas faltam horas no meu tempo para me dedicar a ele).

  24. Francisco says:

    Ausência que dói...ausência que corrói!
    Alguns textos, mesmo de outros autores, não nos tocam tanto como quando publicados por você.
    Um grande beijo minha amiga!

  25. Robson says:

    Nossa que intensidade! textos como esse geram uma nostalgia estranha...
    Grande abraço

  26. O amor calcula as horas por meses, e os dias por anos; e cada pequena ausência é uma eternidade .

    Abraço.

  27. Tetê says:

    Avinha!!


    Ficha técnica?
    Ih... vc está trocando as bolas!! eu ainda sou loira, a tal burra!! esqueceu?? tá confundindo tudo, mulher!!!

    [Rss]


    Fazer do encontro meu desencontro, tá sendo a parte mais razoável nessa história toda,
    perdendo hora,
    perdendo o plumo,
    quebrando copos...
    cortando os pulsos!

    Desespero total!

    E ainda há quem não nos entenda...
    ou pior, há quem entenda tudo errado!!!


    Mas queria receita de felicidade, sabe?
    Receita pra conquistar, pra encantar... receita pra me fazer desejada!

    E saía por aí distribuindo a receita pra todo mundo. Ia guardar segredo, não!

    Mas ainda descubro essa receita e faço um post com ela,
    e aí, quem sabe, a gente não vai
    ser um pouqinho menos infeliz,
    né?
    !!

    Aqui vibrando por vc!!!



    Abraços
    !

  28. rm says:

    Ei Ava,
    ótimo texto da moça, heim?

    Bem, 3 dias escutando música boa e lendo literatura ainda melhor, até que não é muito ruim... rss

  29. Quem opta pelo belo tem senso estético, pelo digno, senso ético e por textos absolutamente, corretos como este, uma incontestável inteligência.

    Portanto, só me penitencio junto a você por ter cometido um ato imperdoável, que atribuo tão somente a minha absoluta falta de método em elencar, algumas das minhas prioridades, pois uma das primeiras teria que ter sido SER SEU SEGUIDOR, o que faço agora.

    Um respeitoso e sincero abraço a uma pessoa responsável, por um dos melhores blogs à nossa disposição.

    Sinceramente!

  30. Minha querida amiga:
    Como já comentei o seu post digo a que vim. Sofri uma grande decepção amorosa, estou acabada. Parece que nunca vou me recuperar. Por isso, ontem fiz um novo Blog, SALOMÉ, onde vou publicar a minha tradução da Salomé de Oscar Wilde, que a escreveu em francês. Dê uma força para essa amiga. Nem precisa ler tudo, só me visite nesse Blog para que ele veja que estou bem (mentira).
    http://blogrenatasalome.blogspot.com
    Um beijo,
    Renata

  31. Pena says:

    Linda Amiga:
    Um poema soberbo que coloca a nu, um ser, um sentir, sem máscaras ou rodeios.
    Admirável. Lindo. Terno. Sensual.
    Beijinhos amigos pela coragem que vive na autora de sonhos deliciosos, fantásticos e maravilhosos.
    Qual ficção poética....? AUTENTICIDADE majestosa, deslumbrante e doce.
    Brilhante!
    Com cordialidade e encanto.
    Respeitosamente....

    pena

    Fabuloso. Notável. Sensível. Um versejar "alucinante" de beleza e pureza do ser. Do amor.
    OBRIGADO pela sua amizade.

  32. adorei o texto e vou sim conhecer mais...
    TEM SELO PRA VC LA NO MEU BLOG
    MEU DIARIO
    http://testesmudando.blogspot.com/

  33. Blue says:

    A ausência nos deixa triste, solitário, sem ânimos!
    Dizem que passa. Estou esperando que passa........ a meses!

    Beijos

  34. Por vezes pensamos ficar em cinzas, mas como a ave Fenix acabamos por renascer

    beijinhos

  35. tossan says:

    Eu pensei...Ava? quem é Ava? Depois que entrei vi o nome do blog juntei as partes... Você é Avassaladora mesmo! Belíssimo! Beijo

  36. Sandra says:

    Vim agradecer as suas visitas. Tem selo em curiosa para vc.
    Outro dia volto com tempo. Tem várias postagens com selos. São para vc. também.
    Sandra

  37. Ai, ai, ai...esses textos assim, que dizem o que querem dizer, de forma direta, e tão espantosamente poética, sempre me ganham, sabia?

    * Eu tmb não sei desenhar nada, nem ovo frito. Rs

    Um beijo, e carinhos pra ti.

    ℓυηα

  38. Miga,o texto é forte e emocionante! Mas cá entre nós,ao final de tanta espera o melhor a fazer,com certeza, é juntar as cinzas e se transformar em fênix...rsrsrs
    Bjs de magia,
    Cris

  39. Cá, says:

    Pois é... voltei. E estava morta de saudade!


    Obrigada por não me abandonar!

    hehe!


    A poesia é simplesmente maravilhosa!

    bj

  40. DANIZINHA says:

    Que delícia...que linda as palavras,,a maneira como foram ditas. Excelente.
    Parabéns pelo bom gosto em escolher um texto tão tocante.
    beijos

  41. Quero presença, sempre!

    Não me fuja, Vassalinha!

  42. Aff, também ficao assim com a falta do meu amor, mas paciência, pois estar longe é parte o meu trabalho (eu embarco).

    Fique com Deus, menina Ava.
    Um abraço.

Novo Comentário