Eu sabia...!

37 comentários
 



Eu sabia que sangraria, eu sabia que despencaria a qualquer momento da corda bamba por onde tentava me equilibrar, depois que te conheci. Eu sabia... Só não sabia que ia doer tanto, que o sangue formaria essa poça à minha volta, por onde me afundo, me afogo e me perco... Que me quebraria toda, despedaçando-me em caquinhos irrecuperáveis. Eu sabia... Mas eu quis “pagar pra ver”... Achei que valia a pena os riscos... E valeu! Apenas o fim chegou antes do que eu esperava... Ainda queria mais um pouco dessa felicidade que invadia meu corpo, meu cérebro, feito droga, fazendo-me perder completamente a noção do perigo...





.

37 Comentaram...

  1. Majoli says:

    Sabe Ava, ao te ler, me veio a lembrança do meu casamento, que mesmo eu sabendo que a corda era bamba, insisti nela ficar, e deu no que deu...acabou, doeu, mas já passou...graças a Deus.

    Beijos com carinho no teu ♥
    Se cuide.

  2. Anônimo says:

    Se valeu... sempre vale. Respire fundo e antecipe o mergulho para o próximo amor, para a próxima entrega e seja feliz. Você merece.

  3. Ava says:

    Anônimo...

    Se identifique... Prazer tê-lo por aqui, mas melhor seria se soubesse quem é voce...rs

    Bjs

  4. Alguém que diga...que o amor não é cego!!!
    A saudade também mata..
    Beijo

  5. Tatiana says:

    Quando nos envolvemos vamos nos doando tanto... que esquecemos os efeitos colaterais que muitas vezes somos obrigados a conviver depois...
    Ainda bem que novos dias nascem e com eles novos momentos para sermos felizes.
    Um beijo carinhoso

  6. C@urosa says:

    "A Amizade não requer gratidão,
    presentes, cobranças, etc.
    A Amizade requer apenas que nos
    lembremos sempre de dizer um
    “oi, Como você está?!!!
    Você não imagina o quanto a sua
    amizade é importante para mim....
    Obrigado por você existir !!!
    Não importa se você é real ou virtual,
    o importante é que você existe
    para me dar o prazer da sua amizade.
    Amizade como a sua
    é privilégio de poucos."

    forte abraço

    C@urosa

  7. Um dos males do ser humano é sempre querer TER alguém, ao invés de SER alguém.

    Beijos.

  8. Blue says:

    E sabe de uma coisa Avssaladora Alice Ava?
    Este saber é que mata!
    Sabemos, temos certeza, mas mesmo assim seguimos, pra quebrar a cara lá na frente.
    E aí sempre tem aquele que diz: viu , eu não te falei?

    Beijos

  9. As vezes o fim chegar, ai só nos resta recomeçar a buscar a felicidade...

    Fique com Deus, menina Ava.
    Um abraço.

  10. C. says:

    Ahh amiga, que maravilhosa essa música, tô aqui flutuando ouvindo...

    Tudo tao poético nao é, mas tao dolorosa a realidade, de um gostar e outro nao. Espero a protagonista nao seja você.

    Gostou do meu cantinho de boneca entao? Se o meu é de boneca o teu é de princesa ;)

    bjao

  11. doer dói, mas não mata.

  12. Siempre es un verdadero placer pasar por tu blog..
    Por razones de tiempo en mi trabajo, estoy ausente..
    Espero ponerme pronto a leer sus blog..

    Un abrazo
    Saludos fraternos...

    Que disfruten del fin de semana..

  13. para cresce a dor tem que ser sentida...

  14. d'Alma says:

    Gostei desse “Oi, moço”, hahahahahaha!... Que me deixou bem satisfeito, por você, mocinha!...
    Quanto ao quebrar, ao sangue, você não quebra, é flexível e seu sangue ferve dentro de suas veias, sem transbordar; até pode cair uma lagrimazinha ou desaguar-se de tristeza, mas a felicidade, embora dependa bastante da felicidade que nos dão, a primeira, essa, está dentro de nós!... Depois, é só mostrar essa Felicidade aos outros, de preferência, com um sorriso fresco, de tão quentinho!... Lembre-se que seus pedacinhos, que até podem ter-se soltado, podem não ser sua desagregação, antes pelo contrário, se pensar que cada pedacinho assim, fez ou vai fazer feliz alguém!... Dar um pouquinho de si é a agregação do seu melhor, por cada vez que encontrar alguém a quem esse pedacinho fez Feliz!... Entendeu, mocinha?... hehehehehe…


    Abraço

  15. Menina, que sentir é esse...identifico-me.
    Em cada palavra, em cada respiração de Bethânia. Não poderia ter uma voz, uma canção melhor...
    Ainda estou parada. Atônita. Assombrada.
    E a dor, persiste. O querer também.
    Bju,
    K.

  16. Rui Pires says:

    Oi Ava, obrigado pela visita e comentário ao meu blog OLHAR D'OURO.
    Interessante o seu, boas reflexões...
    Bom Carnaval!

    Rui Pires - OLHAR D'OURO -
    http://lamegoimage.blogspot.com/

  17. Benno says:

    Ah, se já perdemos a noção da hora
    se juntos já jogamos tudo fora
    agora conta como hei de partir
    se ao te conhecer
    dei pra sonhar fiz tantos desvarios
    rompi com o mundo queimei meus navios

    ... olha só que genial, Fernão Cortez, para tirar a esperança de retorno ao lar de seus soldados, queimou seus navios, foi esta a sensacional inspiração de Chico Buarque... depois, Cortez ficou perdido no novo continente sem ter como voltar. É exatamente como nos acontece quando entramos de cabeça numa relação, queimamos nossos navios e rompemos com nosso mundo, depois fica o vazio... terá valido à pena, eu em complemento com as palavras de Fernando Pessoa: Tudo vale a pena se alma não é pequena. Nos sangra a alma o amor perdido mas só o sangue justifica nossos dias e nossa vida.
    Quanto ao meu último post, eu não gostei dele muito não, acho que está transcendental demais, hermético demais, preferi o anterior, pena que você não o tenha lido. Um beijo

  18. Querida amiga.

    Penso que no final de tudo,
    sempre sabíamos o final da história.
    Mas a esperança que nos habita,
    impedia de ver,
    ou de querer ver.

    Que haja sempre em ti,
    sonhos por sonhar.

  19. Ser mulher é ser especial,
    amiga Ava
    Quero abraça-la,e agradecer o carinho e a amizade,neste dia tão especial,seja feliz!
    Boas energias,paz,saúde,e luz,
    beijos poéticos
    Mari

  20. valdivino says:

    Minha amiga vim lhe desejar um feliz dia da mulher!

    PARABÉNS.

    abraços.

  21. Ante la majestuosa pulcritud de tu presencia

    Confieso que soy el cielo
    El sol,
    Las nubes amamantando el tiempo

    Confieso que las estrellas
    Las dibuje con mis sueños
    Iluminando el firmamento de mis sentimientos

    Que tus cabellos
    Los acaricie palpitando mis deseos,
    Y que tu cuerpo
    Lo transite coloreando mis pasiones
    Elocuentes del que ama

    Confieso que no soy nada
    Ni nadie en este mundo
    Ante la majestuosa pulcritud de tu presencia
    Mujer,
    No soy el que confisca tus besos
    Ni el que marchita tu alma
    En añicos de penas,
    Soy,
    El que respeta tu nombre
    Pintado
    En el firmamento beso del te quiero

    Confieso
    Que soy
    El que emancipa la palabra
    Convirtiéndola en caricia mutilada de ternura,
    Mujer
    Eres
    Luz
    Embarazo creador de lo eterno
    De lo infinito
    Mezclado con el esperma
    Quietud erótica de mi cuerpo
    Ante la belleza emblemática de tu movimiento
    Vida

    Adolfo Payés.


    Con todo mi respeto y admiración ara la Mujer en estas fechas y el mes de Marzo..


    Un abrazo
    Saludos fraternos...

  22. tossan® says:

    A vida é um jogo e mesmo perdendo vezes seguidas, mas quero jogar sempre até ganhar ou morrer. Beijo

  23. minha querida AVA: aqui estou lutando pela minha vida, não pela minha saúde, pela minha vida que se perde num enmaranhae complejo vivir. Voce é uma das grandes coisas que tenho. beijos carinho . sua poesía e muito bela e sentida

  24. Gostei...

    Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/

  25. é sempre assim, quando queremos testar os (nossos) limites.
    Mas depressa nos recompomos e ficamos com o coração aberto, para amar de novo.

  26. Trésor says:

    Gosto muito de Maria Bethania. Os poemas dela são sempre uma reflexão de nós.

  27. Jens says:

    São as trapaças da paixão, Ava. A gente sabe o final, mesmo assim vai em frente. O que importa, afinal, é o durante.

    Beijo.

  28. Tem de começar a juntar as peças...

    Nos comentários ao meu post sobre o Carnaval, estão escritos dois, perfeitamente iguais, um assinado por Ava, outro, por José Olímpio. Alter-ego?

    BB
    António

  29. A.S. says:

    Ava,

    Quantas vezes caminhamos sabendo que esse caminho conduz a um abismo!

    Beijos meus,
    AL

  30. Sandra says:

    Venho carinhosamente lhe oferecer o presente do Poetas um voo livre. a conquista é de todos. Fazes perte desse momento bem especial.
    MUITO OBRIGADA
    PASSE AQUI.
    http://sandraregina7.blogspot.com/
    VOU TE ESPERAR.
    CARINHOSAMENTE PASSO VOANDO PARA TRAZER O MEU CARINHO..
    ATÉ MAIS.
    SANDRA

  31. valdivino says:

    Minha querida vim lhe deixar um abração e desejar-lhe um ótimo fim de semana.

    FELIZ DIA DO BLOGUEIRO.

    beijos.

  32. Emoções says:

    O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.

  33. Benno says:

    vixe... kd vc? te procurei no msn e nada. Beijos

  34. Ava,minha querida,

    Obrigado pelo carinho de sempre que me dedicas toda vez que vais lá naquele meu recanto abandonado e deixas palavras tão amorosas,tão doces,tão generosas.
    Ando sem tempo para os blogs,minha cara,e não gosto de navegar sem deixar meu registro por onde passo,sem deixar uma só palavra que seja.Por isso,continue me perdoando pela ausência.Um dia,quem sabe,volto com força,inclusive para reavivar meu recanto.

    Vejo que está tudo belo por aqui,como sempre foi,e com a poesia cada vez mais forte e emocionante.

    Beijos com carinho e saudade.

  35. A dor, como sempre repito, é a não-aceitação de algo. É um processo letárgico, ressignificador do depois.

  36. Blue says:

    Ava Alice Avassaladora
    Pra ficar com o título "Eu sabia...!"
    Eu sabia que um dia passaria por Monte Claros e evidentemente lembrei-me de você!

    Um beijo e felicidades.

Novo Comentário