A sutil diferença...!

65 comentários
 
.




A sutil diferença entre o amor e o ódio, é uma tênue linha que, se rompida,
deixa à mostra o que de pior há em nós.
Quebra todo o encanto, nos transformando em feras feridas, acuadas, prontas para o ataque.


Ilustração: Foto retirada da internet.
.
Leia +...

Vazio de mim

44 comentários
 






Não gosto desse vazio, dessa aridez de sentimentos, dessa sensação que trespassa a alma.

Sou repetitiva, eu sei, só falo de dores e perdas. Mas o que fazer, se os sentimentos que me assaltam são sempre assim, como se quisessem me devorar . Não escolhemos sentimentos, como escolhemos as roupas, sapatos, jóias, e até o perfume, pela manhão, ao sairmos para o trabalho, a noite para irmos a um barzinho, ou no final de semana, para aquele passeio no campo...
Não existe uma loja de felicidade. Imagine um departamento, onde se pudesse escolher sentimentos...
Portanto, se derramo tristezas, se é tudo tão sombrio, é porque não se escolhe o que sentir, como sentir, onde sentir e quando sentir....

Os sentimentos de tristeza e solidão nos tomam de assalto, covardemente, se apossam do nossos pensamentos, sem nos dar qualquer chance de reação e defesa. Imobilizados pela sua força brutal, somos subjugados à sua ação aniquiladora, e só depois de nos levar toda a alegria e felicidade, se dão por satisfeitos.

Pudesse eu correr os olhos pelo meu closed e escolher, em uma prateleira abarrotada de sentimentos, só os de euforia...

Com certeza, sairia todos os dias vestida de felicidade!
.
Leia +...

M de Mulher

33 comentários
 







M de Mulher:



Seus Malabarismos Mágicos Manipulam Marionetes.
Meninas, Mães, Madres, Marquesas e Ministras.
Madalenas ou Marias. Marinas ou Madonas.


Elas são Manhãs e Madrugadas.
Mártires e Massacradas.


Mas sempre Maravilhosas, essas Moças Melindrosas.
Mergulham em Mares e Madrepérolas, em Margaridas e Miosótis.
E são Marinheiras e Magníficas.
Mimam Mascotes.
Multiplicam Memórias e Milhares de Momentos.


Marcam suas Mudanças.
Momentâneas ou Milenares, Mudas ou Murmurantes,
Multicoloridas ou Monocromáticas, Megalomaníacas ou Modestas,
Musculosas, Maliciosas, Maquiadoras, Maquinistas,
Manicures, Maiores, Menores, Madrastas,
Madrinhas, Manhosas, Maduras, Molecas,
Melodiosas, Modernas, Magrinhas.


São Músicas, Misturas, Mármore e Minério.
Merecem Mundos e não Migalhas.


Merecem Medalhas.
São Monumentos em Movimento,


Esses Milhões de Mulheres Maiúsculas.



(Autor desconhecido)



Recebi em forma de comentário da Ana, Pelos Caminhos da Vida. Tão intenso, que aqui está, para compartilhar com todos, em especial com minhas amigas seguidoras, Mulheres de fibra, que são as grandes homenageadas nesse Dia Internacional da Mulher.

Se alguém souber a autoria, me avise, para que eu possa dar os créditos.


.
Leia +...