Expectativas...!

46 comentários
 

Sem expectativas...

Nada de ansiedade

Apenas desejos e vontades não satisfeitos

Apenas vontade de ver voce... tocar voce...

Saber que é real

Sentir seu cheiro

Provar o gosto do seu beijo

Sentir o calor do seu corpo

Ouvir sua voz

Olhar seu rosto

seu sorriso

Sem expectativas, continuo te querendo

Sem expecitativas, continuo te desejando

Sem expectativas, continuo te esperando

Sem expectativas....

Espero
Olho o telefone

A caixa de e-mail

Ou até um sinal de fumaça...

Sem expecativas ...

Ainda espero voce...!




..."mas não crie expectativas para além das minhas "...







.
Leia +...

É das calcinhas que eles gostam mais...!

47 comentários
 


Comecei a editar o post para o VERBO FEMININO, onde o tema é a fatídiga calcinha bege...
Ao procurar fotos para ilustar o texto, eis que me deparo com uma gama de calcinhas que quase me enlouquecem...rs
Pensei: coitado dos homens...
Cheguei a conclusão que, pior que calcinha bege, são aquelas calcinhas com frases de efeito...broxantes...rs
Não resisti e selecionei uma pequena amostra...

Sobre os apuros passados quando se usa uma calcinha bege, leia mais
aqui...

.
Leia +...

Interruptores...!

44 comentários
 





Me ensina

Onde fica o

Interruptor ...

Como posso apagar

Tanta saudade

E
a vontade

Que tenho de voce...





"e aqui estamos...para onde vamos....? não importa, pois como já disse: o que importa é a caminhada... vamos assim, aos poucos...tateando pelo escuro...até acharmos algum interruptor..."


Voce achou o interruptor... iluminou minha vida... cuidado ao apagá-lo... Posso ter medo do escuro...











.
Leia +...

Voo livre...!

45 comentários
 


Te solto




Te enrolo



Te puxo



Te prendo



Te amasso



Te rasgo



Te colo



Mas se queres linha, deixo-o voar...





Ilustração: Candido Portinari, Pipas, 1941.



Leia +...

Ordinário, mas inesquecível...!

39 comentários
 











Quando o desejo e a sedução entorpecem os sentidos...



Corpos que se entregam sob o fascínio das luzes em neon...



Para saber mais sobre luz neon, By Ava , é por aqui:
.......................................................................................................................................................................
Leia +...

Como...?

45 comentários
 


Como deletar voce


Se salvei sua imagem


Na retina dos meus olhos...
.
.
Leia +...

O tato...ou toque...?

46 comentários
 

É o tato, o toque, que desperta todos os nossos sentidos... Um roçar de pele tem o poder de uma descarga elétrica em nosso corpo.Ser sentido, e sentir o calor do outro... Deslizar de dedos, roçar de corpos, que arrepia a pele e faz os desejos aflorarem...
Esse despertar de sensaçãos, começa com a imagem do outro, seja na nossa mente, seja na vida real...
Queremos beijar pegar, tocar, alizar, amassar, apertar, beliscar, morder,arranhar, o corpo desejado....
Mais, desses sentimentos sentidos, estão aqui: http://verbofeminino-rm.blogspot.com/ , onde o tato não tem limites... E onde os sentidos se perdem...
Leia +...

Detesto...!

44 comentários
 



Detesto essa sensação de que o inferno é bem alí...
E de como a gente chega nele rapidinho...



Ilustração: Eugène Delacroix


"O Inferno é a primeira parte da "Divina Comédia" de Dante Alighieri, sendo as outras duas o Purgatório e o Paraíso. Está dividido em Trinta e Quatro Cantos (uma divisão de longas poesias), possuindo um canto a mais que as outras duas partes, que serve de introdução ao poema. A viagem de Dante é uma alegoria através do que é essencialmente o conceito medieval de Inferno, guiada pelo poeta romano Virgílio. No poema, o inferno é descrito com 9 Círculos de sofrimento localizados dentro da Terra. Foi escrito no início do século XIV. Os mais variados pintores de todos os tempos criaram ilustrações sobre esta obra, se destacando Botticelli, Gustave Doré e Dalí."



A Barca de Caronte. Jose Benlliure Y Gil




"O Inferno conforme descrito por Dante na sua Divina Comédia no século XIV ficou profundamente marcado na cultura popular, e auxiliou à criar a visão de um inferno relacionado à paixão, desejo, pecado e condenação. Muitas vezes em filmes e séries ou mesmo desenhos animados ele é citado, por exemplo, o inferno da Saga de Hades, em Cavaleiros do Zodíaco/Saint Seiya de Masami Kurumada, um dos mais famosos animes foi baseado no inferno de Dante. Ás vezes lugares muitos quentes podem ser relacionados ao inferno descrito por Dante"






Culpa se refere à responsabilidade dada à pessoa por um ato que provocou prejuízo material, moral ou espiritual a si mesma ou a outrem. O processo de identificação e atribuição de culpa pode se dar no plano subjetivo, intersubjetivo e objetivo.

No sentido subjetivo, a culpa é um sentimento que se apresenta à consciência quando o sujeito avalia seus atos de forma negativa, sentindo-se responsável por falhas, erros e imperfeições. O processo pelo qual se dá essa avaliação é estudado pela Ética e pela Psicologia.

No sentido objetivo, ou intersubjetivo, a culpa é um atributo que um grupo aplica a um indivíduo, ao avaliar os seus atos, quando esses atos resultaram em prejuízo a outros ou a todos. O processo pelo qual se atribui a culpa a um indivíduo é discutido pela Ética, pela Sociologia e pelo Direito.
Leia +...

Menino Vadio...

24 comentários
 

Te quero assim
Sem compromisso
Sem amanhã
Sem o antes
Sem o depois
Sem chegadas
Sem partida...
Te quero assim
De qualquer jeito
de todas as maneiras
Sem hora marcada
Sem hora de chegada
Sem hora de partida
Sem Campainhas...

Te quero assim
Sem futuro
Sem passado
Te quero hoje
Te quero agora...

Te quero assim
Sem amarras
Sem grilhões
sem correntes
Sem cercas
Sem demarcações
Te quero livre
Te quero solto

Te quero assim
Te quero príncipe
Te quero plebeu
Te quero mocinho
Te quero bandido
Te quero cavalheiro
Te quero cafajeste...




Porque te quero e por tanto te querer, não quero mais nada...


Tetê, obrigada pela música... Gostei tanto, que aquí está... Na medida certa para o meu post...rs


Leia +...

Da tua chegada...!

58 comentários
 


Voce chegou...
Tão de repente
Tão imponente
tão prepontente
Tão envolvente
Tão atrevido
Foi demarcando seus espaços
Foi ocupando meu coração
Foi derrubando minhas resistencias
Foi brincando com minhas emoções...
Voce chegou...
Invadino meu mundo
Derrubando portas
Quebrando chaves
Arrebentando cadeados
Violando códigos
Rompendo correntes
Invadindo minhas fortalezas
Se apossando dos meus sentidos...
Voce chegou...
Como ventania de agosto, tirando tudo lugar
Como chuva de verão, fazendo estragos
Como fogo nos campos secos, devastando tudo
Como enchentes de março, levando o que tem pela frente
Voce chegou...
E acabou com a minha paz
E acabou com a minha resistência
E acabou com as minhas verdades
E acabou com os meu conceitos

PS: Recordações, em forma de cachoeira, que escorre por aqui: http://verbofeminino-rm.blogspot.com/ .

PS II: A convite do rm, um amigo querido, mais uma postagem, agora, falando de saudade... Ou seria "Dor Pungente"...???





Leia +...