Frustração...!

41 comentários
 


Medo
Agonia
Saudade
Sentimento
Ansiedade
Negação
Desejo
Sofrimento
Ardente
Sedento
Braços
boca
corpo
latente
Ausencia
Solidão
Coração
Ilusão
Fantasia
Alegria
Sufoco
Suspiro
Tesão
Gemido
loucura
Lágrimas
Soluço
Tristeza
Dor
Mágoa
Sangrar
Destino
Liberdade
Escolha
Fogo
Agua
Nada!

---------------------------------------------------------------------------------
Só palavras soltas... Engasgadas e me sufocando!
Leia +...

L a b i r i n t o...!

26 comentários
 


Em algum ponto
Meu eu me espera...
Perdido de mim
Vagando a esmo...
Onde desapareci
Não sei...
Nas loucas buscas
Perdida fiquei...
Agora busco
Alguém que já
Não sou...
Não é essa estranha
Que eu quero...
Quero eu mesma!
Quero meus sonhos
Quero meus desejos
Quero minhas fantasias
Quero minha esperança
Quero minha alegria
Quero meu ar...
Não esse espctro
Daquela que fui!
Leia +...

Saudades de mim...!

9 comentários
 


"Não é medo de mudança, mas as vezes eu queria parar de andar tanto e colocar meu mundo, minha cabeça e algumas coisas no lugar. É só um vontade que eu sinto de parar um pouco, achar meu foco e me centrar no ser, porque o estar me dominou, eu sempre estou e pouco sendo. E isso esta me dando uma saudade de mim... E vai demandar esforço, notar que o vento não é só mais um sopro, mas bate em minhas costas e me leva com um sorriso que em meu rosto forma um esboço, esboço de um cara feliz. E isso esta me dando uma saudade de mim... O meu eu ainda é muito moço, mas já viu coisas que um velho andarilho vendedor de jasmim jura que é loucura, desleixada bravura, bobagem, tontura, momentos em que a alma pura gera os devaneios do Arlequim. E isso, isso realmente me deu saudade de mim..."
-------------------------------------------------------------------------------------
Texto de autoria de Marcelo Garcia do Blog http://cadernobasicopautado.blogspot.com/.
Postado aqui por mim, com autorização carinhosa dele.
Um beijo Marcelo. Vc é uma pessoa iluminada!

O texto fala por si só...

Ai, que saudades de mim!
Eu só não sei se consigo me reencontrar...
É que tantas de mim ficaram pelo caminho!
Leia +...

F a n t a s i a s...!

41 comentários
 


Vivemos na era da informática. A tecnologia domina todos os segmentos da sociedade, fazendo de um mundo moderno, um mundo de redes interligadas, onde não existe o impossível. Pode a máquina substituir o homem? Algo para se pensar! Até que ponto estamos deixando de ser pessoas, de carne e osso, desejos, tesão, anseios, para nos transformar em um monitor e um teclado...
A realidade, de repente, se torna algo tão distante. Para os mais saudosistas...rs Fica a lembrança do passeio na praça, onde as moçoilas desfilavam em frente aos mancebos, numa demonstração de um interesse maior, mas só demonstrado com movimentos sutís... imperceptíveis, só capitado por aquele que era o seu eleito...
Tinha as missas de domingo, onde pouco se rezava, e muito se flertava...
Os pequeniques, toalha xadrez, cesta de vime, guloseimas que atiçavam os sentidos, a beira de um riacho, uma árvore frondosa, e o paraiso surgia...
As matinês, ah, as matinês! Filme? Que filme? Cada um fazia seu próprio filme, sempre com um olho no "lanterninha"!
Tinha os bailes, clubes onde se reunina toda a vida jovem da cidade, eram o point... Embalados por Celly Campelo e Elvis Presley entre tantos! Numa coreografia insinuante, as garotas levavam os garotos à loucura, com seus vestidos de bolinha e laços nos cabelos...
Tudo na vida evolui, tantas décadas, tantas mudanças comportamentais, a tão falada liberdade sexual, amor livre, a pílula, amizade colorida, a liberação geral, tudo é permitido em nome do amor!
E eis que surge o computador! Vilão ou mocinho? O Bem ou o Mal? E de repente há uma robotização do ser humano. A paquera, coisa tão boa de se fazer... paquerar! Sumiu do dicionário, foi abolida, veio a era do ficar!
E o computador passa a ser o indivíduo mais amado do planeta! É pra ele que todos correm quando entram em casa, quando acordam, quando chega no trabalho... É dentro dele que está a felicidade! Msn, orkuts, blogs, e-mail etc...! Notícias, palavras, a busca por pessoas que nunca tocamos, que às vezes nunca vimos! É esse o delírio supremo! Aquela mensagem, aquela palavra! "Meu Deus! Ele lembrou de mim... Deixou uma mensagem!" Nada de toques, beijos, amassos, uma bolinada no sofá da sala... Só palavras trocadas sofregamente, entre dedos enlouquecidos num teclado que cria asas!
Leia +...

D i v i d i d a...!

19 comentários
 


Sonho ou realidade
Fantasia
Ilusão
Angustia...
O que nos move
Nessa busca sem sentido...
Verdade ou mentira...
Em que queremos acreditar...
O que almejamos
De concreto e palpável...
Que ansia louca de meias verdades...
Que viagem imaginária
nos conduz a lugares
e vales perdidos
onde não achamos o caminho de volta...
Que mente é essa que domina nosso sentir...
E nos remete aos porões escuros da saudade de um amor idealizado
Jamais realizado!
Leia +...

C a n s a ç o...!

11 comentários
 


Estranha sensação...
Paro!
Me olho ne espelho...
O que vejo é uma estranha
Alguém que não sabe o rumo...
Que direção tomar...
Que sentido dar a vida!
Hoje me deparei com tantas máscaras...
E fiquei a pensar qual seria a minha...
Com certeza a mais sorridente e feliz!
Prático e rápido...
Sem explicações...
Um sorriso no rosto...
E todos acham que estou bem!
Que estranha ilusão...
É como aqueles filmes, em que a pessoa morre mas continua
a sentir e ouvir tudo...
O burburinho em volta...
E a exata sensação de que não sou nada...
Um ser inanimado...
Tento mostrar para todos que estou viva...
Mas ninguém percebe!
Estática, tento mover os olhos...
Tento mover as mãos...
Tento mover a boca...
Tento mover os lábios...
E nada!
Inerte permeneço,
O caos a minha volta!
Leia +...

P r e c i s o...!

35 comentários
 


É quase madrugada...
Busco notícias tuas...
Algo teu, que faça sentido...
Coisas intocáveis me enlouquecem!
Preciso do teu toque...
Do calor da tua pele...
Do sabor dos teus beijos...
Preciso de voce!
Tuas palavras somem ao vento...
Tua imagem fugidia, desaparece em minha mente...
Tento retê-la em minha retina...
Ela esvanece!
Preciso do concreto...
Preciso do sentir...
Preciso do real...
Preciso de voce!
Meu corpo sedento busca alivio...
Minha boca faminta busca alento...
Meus braços vazios buscam carinho...
Em volta só o vazio...
Preciso de voce!
Leia +...

DUAS DE MIM...!

25 comentários
 


DUAS DE MIM


dizes que a alegria da minha menina te encanta

que a fome da minha fêmea te enlouquece

que a sensatez da minha maturidade te guia


dizes ainda que amas meu sorriso de moleca

minha língua de serpente a se enroscar na tua

minha maneira simples de encarar a dura rotina


dizes isso quando mais preciso

: quando estou menina medrosa da vida

fêmea acuada em insegurança

mulher cansada da lida


e me estendes teu amor

teu carinho a massagear pés e ego

teu peito a me servir de leito

tuas jabuticabas a me alimentar a alma


viras porto onde atraco os medos meus

muro onde descarrego risadas e lamentos

abraço onde reencontro minhas forças

poesia a me devolver bons momentos


no repente do teu olhar

consegues me refazer feliz



(Isabella Benicio)
Leia +...

Poder...!

30 comentários
 


Que poder é esse que me domina?
Que força é essa
Que me mantém estática...
Minhas forças se perdem no vazio
Das minhas fotalezas desabadas...
Voce me atiça...
Aflora meus desejos...
Mexe com meus instintos...
Minhas pernas trêmulas...
Meu coração paralizado...
Que coisa mais adolescente!
Minha boca seca...
Minha respiração ofegante...
Sinto o tum tum tum do meu coração!
Que força é essa?
Como exerce esse dominio sobre mim...
Voce some eu entro em desespero...
Voce aparece!
Minha vida vira um grito de carnaval temporão!
Sob esse dominio, padeço em agonia...
Uma lenta aflição de te esperar...
E quando surge...
É como a chuva saciando a terra sedenta...
Por um único momento de alegria...
Espero a vida inteira!
O danado do amor é fatal...
Seu brilho cega o sol!
Não quero liberdade!
Quero essa doce prisão...
De te amar
Assim!!!
Não me peça pra explicar o amor
Quem quer explicar o amor
Nunca amou!!!
Leia +...

A Busca...!

32 comentários
 


Cadê você ?

Quem perguntar por mim
Responde que sai por aí
Com a saudade nas costas
A decepção segurando a minha mão
Para não me deixar cair
Recair e afundar em ti

Fui

Fui para não ficar
Para não magoar
Nem ser magoada
Para não ter motivos para chorar

Se pisam em mim
Arregalo os olhos
Me levanto
Sacudo as dobras da tristeza
Desamasso o rosto

E sigo

Por uns dias ando sem destino
Sem olhar pra trás
Miro o horizonte e sigo

Deixo o sol me cegar
Para não ver a dor que estou sentindo
Deixo a chuva me molhar
Para lavar as lágrimas
Sigo a lua que não pára
Para não parar
Quebrei a bússola
Para não lhe encontrar

Se perguntarem por mim
Diga que estou escondida em mim
Tentando expulsar você de lá.

Se perguntarem por mim
Diz que estou voltando
Já consigo respirar
Dois corpos não cabiam em um só lugar
Em mim
Deixei você ir
Para que eu possa continuar
A ir ou voltar

Se perguntarem por mim
Diz que voltei
Ainda restam lembranças

Autora: Paula Barros
Blog: http://pensamentosefotos.blogspot.com/
-------------------------------------------------------------------------------------
Há presentes e presentes... Esse poema recebi de Paula Barros, uma amiga querida,aqui desse pequeno grande mundo virtual...
Guardei por um tempo, mas agora pedi permissão a ela, e aí esta, para o deleite de todos os amigos que aqui visitam!
-------------------------------------------------------------------------------------
Para quem não leu ainda, Traços de um Homem, postou um poema que escrevi a algum tempo. Um gesto de imenso carinho, de um amigo querido. Essa troca de carinho e energias positivas, é o melhor que podemos levar desse mundo virtual...

Vale a pena conhecer o Blog...Lindo!

http://tracosdeumhomem.blogspot.com/
Leia +...

Estar só...!

35 comentários
 


E estranho falar de solidão... quantos tipos de solidão existem?
E por que a solidão dói tanto? Por que esse buraco negro no peito?
Algo sem fim, que nada preenche...
Tantos questionamentos!
Parece que volto a idade dos "por que?"
Existe a familia, poderosa aliada de todas as horas, estão por perto o tempo todo, numa doação sem fim de amor e carinho...
Os amigos, sempre presente, até aqui na blogsfera, sempre cheios de "açúcar e de afeto", numa entrega absoluta...Sempre a acompanhar cada passinho dado...
Existem os filhos, dois pingos de mel na minha vida...
Existe ate um bem querer.
Assim, tipo meio estranho, mas existe...rs
Algo que ainda nao sei bem o que é,
mas que tem me dado bons momentos...
Então, qual a razão dessa abusada solidão, que insiste em me assombrar..
que me ronda, a espreita para ao fraquejo, me derrubar...
Por que me espiona, como um fantasma, feito alma penada...
Persegue minha alma por entre corredores sombrios, como se soubesse o momento certo de atacar...
E quando penso que estou bem, feliz, completa, realizada...
Eis que das sombras surge o seu vulto macabro e me derruba...
Me nocauteia no primeiro round...!
Leia +...

Acontece...!

17 comentários
 



Telegrama

Zeca Baleiro--
Composição: Zeca Baleiro

eu tava triste tristinho
mais sem graça que a top model magrela
na passarela
eu tava só sozinho
mais solitário que um paulistano
que um canastrão na hora que cai o pano
(que um vilão de filme mexicano)
tava mais bobo que banda de rock
que um palhaço do circo vostok

mas ontem eu recebi um telegrama
era você de aracaju ou do alabama
dizendo nego sinta-se feliz
porque no mundo tem alguém que diz:
que muito te ama que tanto te ama
que muito muito te ama que tanto te ama

por isso hoje eu acordei
com uma vontade danada
de mandar flores ao delegado
de bater na porta do vizinho
e desejar bom dia
de beijar o português da padaria

mama oh mama oh mama
quero ser seu
quero ser seu
quero ser seu
quero ser seu papa...

-------------------------------------------------------------------------------------
Quem não sentiu essa sensação ao receber uma mensagem...Não importa por qual via...!
Não sei se de Aracajú ou do Alabama...
Um lindo final de semanda a todos!
Leia +...

Colisão...!

37 comentários
 



Na contramão
da razão
meu coração
colidiu
explodiu...!
Leia +...

Uma Vida em Off...!

43 comentários
 



Fiquei com essa frase na cabeça, após postar um comentário no Blog de um amigo.
O motivo é o meu estranhamento diante dessa vida paralela que levamos nesse mudo dos Blogs e nesse mundo virtual.Digo vida paralela, porque é realmemte uma outra vida. Aqui fazemos amigos, fazemos poesia, nos apaixonamos, desaguamos sobre esse teclado todos aos nosso sentimentos.Há uma rede invisivel de pessoas interligadas, "elementar meu caro Watson", o pricipio básico da internet.
Mas aqui especificamente, falo de nós, ditos "blogueiros". Textos lindos, poesias apaixonantes, fotos maravilhosas. Admiramos, comentamos, elogiamos. Damos e recebemos carinho! Quantas vezes ao abrir nossa página, nos deleitamos com comentários que nos enchem a alma de alegria! E quando recebemos aquele comentário especial... É a Glória! Um mundo recheado de grandes emoções... E com um simples toque de dedo, tudo se apaga...
Levantamos de uma cadeira fria, nos jogamos em uma cama fria e dorminmos um sono frustado... Muitas vezes só, terrivelmente só, amargamente só...
Frustrados por tantas ausências...
Engolidos por uma tela que se apaga!
Fechando dentro de si, todo um mundo de emoções e ilusões
Uma vida em off!!!
Leia +...